A importância da criança se sujar

  • 0 comentários

A infância é o período mais curto de nossas vidas. Há coisas que só faremos enquanto crianças, como subir em árvores, andar descalços na chuva, plantar bananeira, pintar com as mãos e se sujar, sim. Se sujar e muito!

Sujar-se faz parte do desenvolvimento e aprendizado. Se sujando a criança extravasa sua criatividade, tem sua percepção de mundo estendida e ampliada. Cresci ouvindo minha mãe gritar “Não se suje!”, mas era só virar as costas e lá estava eu me sujando. Lembro que eu adorava poder ter liberdade para brincar, de poder me sujar. Era gostoso.

Então por que não deixar que a criança se suje? Por que não permitir que ela extravase toda ânsia e curiosidade com brincadeiras “não limpas”? Simples, assim como minha mãe, muitos creem que a sujeira pode trazer algum mal para a saúde e acabam por cercar a criança com cuidados exagerados.

O fato é que é saudável se sujar e, ao contrário do que muitos imaginam, permitir que a criança tenha contato com sujeira traz benefícios à saúde.

Mas como assim? Sujeira é boa?

Sim. Quando deixamos nossos pequenos livres para explorar o quintal, por exemplo, estamos permitindo que eles adquiram resistência imunológica. O mesmo acontece quando permitimos que tenham contato com animais domésticos, desde que estes sejam vacinados e vermifugados.

O bebê que é deixado mais à vontade é mais feliz, mais tranquilo, esperto e inteligente. Crianças tem a necessidade intrínseca de pintar. Isto é uma herança ancestral, os primeiro humanos já o faziam.

A primeira ação de um bebê quando consegue pegar uma caneta é ir direto para a parede. Não adianta brigar, dizer que não pode. Ele precisa fazer isso. E porque não dar uma parede de casa para ele brincar? Assim, ele saberá que ali pode e não fará em toda a casa.

Oferte cadernos, cartolinas, revistas velhas, livros, eles adoram e vão ficar entretidos por um bom tempo, além de desenvolverem habilidades. Compre muito giz de cera, canetinhas com tinta lavável e, acima de tudo, tenha muita paciência pois eles estão em franco desenvolvimento e sua criatividade não pode ser tolhida, deve ser liberta.

Criança feliz é aquela que tem liberdade para ser ela mesma e encontra em seu lar o aconchego e segurança para tal.

Compartilhamento Social

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *